Image Map

125 Anos de J. R. R. Tolkien: O Senhor da Fantasia

13.2.17

Olá, galera! Este ano comemoramos os 125 anos do nascimento de John Ronald Reuel Tolkien, mais conhecido como J. R. R. Tolkien e, claro, não deixaria de falar um pouco sobre a vida e a obra deste grande mestre, e também contar sobre como conheci Tolkien e seu trabalho. Então se acomoda aí na poltrona e vem comigo.


Monograma de J. R. R. Tolkien e inscrição do Um Anel
Monograma de J. R. R. Tolkien: é a marca registrada do escritor. Ao redor, as inscrições encontradas no Um Anel de Sauron.
Fonte: http://www.deviantart.com/morelikethis/324446965


E quem foi J. R. R. Tolkien?

Simplesmente foi o mais importante escritor de ficção e fantasia do século XX. Suas obras influenciaram os trabalhos de muitos outros escritores, professores e estudiosos da literatura mundial, músicos e compositores, roteiristas, produtores e diretores de cinema e TV, e até criadores de games, dentre outras categorias, que vieram após ele, e inspiram até hoje a todos que trabalham ou curtem artes ou cultura pop.
J. J. R. Tolkien nasceu na África do Sul, em 1892, mas se radicou em Londres, Inglaterra, desde criança (seus pais eram ingleses). Foi lá que ele se apaixonou pela Linguística, e tornou-se um grande estudioso do assunto: era doutor em Letras e Filologia (estudo da História das línguas). Gostava de escrever histórias para os filhos, e sentia falta de uma mitologia para a Inglaterra, e foi aí que ele teve a ideia de escrever uma de suas obras mais notórias: O Hobbit.

Capas originais dos livros O Hobbit e O Senhor dos Anéis
Capas originais das obras mais conhecidas de J. R. R. Tolkien: O Hobbit e a trilogia O Senhor dos Anéis.
Fontes: https://en.wikipedia.org/wiki/The_Hobbit /
http://www.tolkienguide.com/modules/wiwimod/index.php?page=bloomsbury+all
Com o sucesso de O Hobbit, Tolkien deu continuidade à saga da Terra-média, escrevendo O Senhor dos Anéis, considerada sua obra-prima e um best-seller do seu tempo, e está entre os livros mais lidos e vendidos da História. Nota-se, ao ler os prefácios dos livros, que Tolkien se considera tradutor das obras, e não escritor, para que o leitor tenha a sensação que aqueles livros foram escritos há muito tempo e encontrados por ele, e fazem parte da mitologia inglesa e da História da humanidade.

Tolkien, o Senhor da Fantasia, e seu hábito de fumar cachimbos.
Tolkien, o Senhor da Fantasia, e seu hábito de fumar cachimbos.
Fonte: http://www.biographyonline.net/writers/quotes/j-r-r-tolkien.html

Apesar de serem os livros mais famosos do autor, o Legendarium de Tolkien é bastante extenso, envolvendo histórias sobre a Terra-média ou não, como, por exemplo: O Silmarillion (que é o livro que Tolkien passou a vida inteira escrevendo, considerado por ele mesmo como sua obra mais importante), Os Filhos de Húrin, Contos Inacabados de Númenor e da Terra-média, As Aventuras de Tom Bombadil, Sobre Histórias de Fadas, dentre outros. Você pode até nunca ter lido uma página sequer de Tolkien, mas com certeza assistiu ou já ouviu falar das adaptações em filmes de O Hobbit e O Senhor dos Anéis (esta última considerada uma das melhores adaptações cinematográficas de um livro já feitas). 

Como eu conheci o trabalho de Tolkien?

Sou muito suspeito para falar de Tolkien, pois sou aficionado por sua obra (e isto foi uma das inspirações que me motivaram a estudar e obter a graduação em Letras). Tive algum contato com O Senhor dos Anéis na década de 90, quando era adolescente e jogava bastante RPG de livros, de mesa e games do mesmo gênero (pois é, RPG é mais uma das coisas inspiradas em Tolkien). Mas, confesso, que só me aprofundei no trabalho do escritor após assistir ao primeiro filme da trilogia O Senhor dos Anéis, A Sociedade do Anel, em 2001, e me apaixonar por aquele universo. De lá para cá, dediquei-me ao material escrito por ele, além de ter o gênero medieval (fantástico ou realístico) como meu favorito em tudo: filmes, livros, séries, games, músicas, etc. Tenho todos os livros do Tolkien lançados em português e, sempre que há um lançamento, estou lá no começo da fila para comprá-los e devorá-los.


Bilbo Bolseiro e Gandalf em Bolsão, Condado
"Num buraco no chão vivia um hobbit". Esta foi a frase, escrita pro Tolkien, que deu origem ao livro O Hobbit, e que deu início a este maravilhoso universo. Na ilustração acima: primeiro encontro entre Gandalf e Bilbo Bolseiro, em Bolsão, no Condado.
Fonte: http://estantedoyanker.blogspot.com.br/2015/09/resenha-o-hobbit-jrr-tolkien.html

E por onde começo a ler a obra de Tolkien?

Se você gostou do que leu aqui e se interessou pelo trabalho do mestre Tolkien, recomendo a leitura de O Hobbit, depois parta para os 3 livros O Senhor dos Anéis, e só então busque os outros materiais. Também você pode assistir aos filmes do Peter Jackson baseados na obra dele apesar dos filmes da trilogia O Hobbit, na minha opinião, terem sérios problemas para dar uma ajudada na imaginação na hora de ler os livros (frisando que são adaptações, então há muitas partes que não são fiéis aos originais, mas isto não desmerece os filmes).
E aqui vai uma dica: aproveitando a data importante, a editora DarkSide Books relançou o livro J. R. R. Tolkien: O Senhor da Fanstasia, do autor Michael White, em uma edição especial de 125 anos, e está à venda no Submarino. É uma biografia excelente sobre Tolkien. Ainda estou lendo este livro, e trarei uma resenha sobre ele em breve.
 

Livro J. R. R. Tolkien: O Senhor da Fantasia - Edição de 125 anos
Relançamento de J. R. R. Tolkien: O Senhor da Fantasia, edição comemorativa dos 125 anos do nascimento do autor.
Fonte: http://www.darksidebooks.com.br/j-r-r-tolkien-o-senhor-da-fantasia-125-anos/

Bem, é isso aí galera. Comentem aí se vocês conhecem a obra do mestre Tolkien ou algo baseado nela, e se gostaram do post, pois poderei trazer mais resenhas sobre este universo futuramente, aqui no blog. Se por acaso não conhecem, têm vontade de conhecer? Vou ficando por aqui. Até a próxima!

25 comentários:

  1. Eu conheço as obras dele só por nome mesmo, nunca as li (ainda rs), mesmo não sendo meu grande interesse fantasia, embora algumas até goste. Eu participo de um grupo de leituras e eles tinham recomendado em dezembro a leitura do Hobbit, mas como já tinha entrado no meio do mês, optei por não ler, mas confesso que tenho uma certa curiosidade no conteúdo do livro.

    beijos,
    deloucostodossomosumpouco.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, sim! Comece pelo Hobbit, é uma leitura gostosa!

      Excluir
  2. Eu não conhecia o trabalho do autor, mas isso acontece muito pelo fato de não gostar muito desse gênero literário, mas pelo o que li aqui, ele realmente foi um gênio desse gênero, com trabalhos épicos e poderosos.
    Parabéns pela pesquisa e pela maestria apresentados aqui.
    Sucesso ;*

    http://sistersgadani.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Tolkien é pra mim um dos melhores escritores. A riqueza de detalhes com que ele compõe suas histórias e como tudo se conecta é impressionante. Não é atoa que J.K tem ele como inspiração! Viva!

    bjus
    Ari ♥
    De volta ao retrô

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim! Outro também que se inspira (e é declarado) é o George R. R. Martin. Maravilha!

      Excluir
  4. Muito legal e muito boa sua explicação, sou bem leiga nesse assunto! rs Gosto de ler, mas nunca me interessei por Senhor dos Anéis ou Hobbit rs De qualquer forma, é sempre bom conhecer coisas novas né, pelo menos o filme eu posso procurar assistir rs se eu gostar, parto para os livros rs

    bjo
    www.aninhamorando.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista a trilogia O Senhor dos Anéis, é uma ótima adaptação!

      Excluir
  5. Olá! Nusss, amei demais esse post! Sou completamente fã do Tolkien, tenho livros e as coleções dos filmes deles guardados como tesouros aqui rsrsrs... O que mais me impressiona na obre dele é a adaptação da história real e experiências de vida (como na primeira guerra) em sua obra, o cara era demais!!!

    bjs

    Inajara

    www.vintageandgeek.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, tem muito dele na história, em cada personagem você encontra um pouco do escritor!

      Excluir
  6. Amei! Eu amo as obras de Tolkien, principalmente O senhor dos aneis, q eh meu preferido. Também jogava RPG, e justamente ppr causa dos filmes me imaginava como um Legolas da vida nas partidas! Hahaha Adorei o post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha imagino, eu sempre fui o Paladino ou o Cavaleiro jogando RPG, então adoro o Aragorn! Abraços!

      Excluir
  7. desculpa mas to muito apaixonada no seu blog, na sua foto de perfil, jesusss *0* amei muito esse post exatamente por não conhecer, fiquei super interessada!

    ResponderExcluir
  8. Adoro livros, mas nunca havia lido nada desse autor, é que não é bem meu estilo de literatura. Achei bem interessante o post, acabei descobrindo várias coisas legais.


    http://missdiva.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá flor eu amo ler livros,mas esse ai eu ainda nao li mas estou bastante curiosa pra saber mas!!
    Hei gostei muito do seu blog

    ResponderExcluir
  10. Confesso que eu assisti ao primeiro filme da trilogia O Senhor dos Anéis quando ainda era criança e na época eu não entendi nada e acabei não continuando e até não gostando. Mas agora que já posso ler e assistir à histórias e compreendê-la melhor vou dar mais uma chance.


    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir
  11. Nunca li nada do J.R, por não fazer o meu estilo de leitura e também por não gostar das suas crianções, são belas obras isso não tem como negar, mas nada que chame a minha atenção. Não sabia da sua influência em outras obras e a artista. Gostei de conhecer mais um pouco sobre o autor.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um tipo de autor que a gente deve ler pela sua influência no resto das coisas. Recomendo!

      Excluir
  12. Adorei! Eu já li o Hobbit mas me falta tempo para encarar a trilogia do Senhor dos Anéis. O Hobbit tem um ar inocente. Gosto de como ele descreve os lugares fantásticos de toda a jornada pelas terras médias. Gosto das lembranças da rotina pacata, amigável e farta de Bilbo Bolseiro, adoro a calmaria das tocas no Condado. ótimo post! bjo

    ResponderExcluir

● Leia antes!

● Não esqueça de deixar o link do seu blog.
● Os comentários são todos moderados,
então não perca tempo com ofensas ou spam.
● Críticas aceitamos somente as construtivas.
● Obrigado(a) pela visita e volte sempre! 。◕‿◕。